Mãe, escritora, cantora, apaixonada pela vida e cativante conversadora, Ana Bacalhau apresenta “Nome Próprio” no Festival da Sardinha, num concerto a não perder.

Ainda hoje é confundida com Deolinda, a personagem que dá nome à banda que a tornou conhecida do público mas Ana Bacalhau sempre foi ela própria.
Em criança, descobriu na música uma companheira mas só quando tentou tocar guitarra é que percebeu que o seu futuro passava pela sua depois do sucesso da sua personagem, em 2016 aposta na sua carreira em nome individual com o disco “Nome Próprio”, um disco que é também um (auto) retrato de quem é Ana Bacalhau, descrita em três canções suas mas também em muitas outras, assinadas por nomes como Márcia ou Jorge Cruz, Samuel Úria ou Nuno Figueiredo.

Mãe, escritora, cantora, apaixonada pela vida e cativante conversadora, Ana Bacalhau apresenta “Nome Próprio” no Festival da Sardinha, num concerto a não perder.

Saiba mais sobre esta artista em https://www.facebook.com/AnaBacalhauOficial